Workshops

0

Workshop de Escrita Criativa com Raquel Ochoa

Livraria da Adega, Espaço Ó
Gratuito – Sujeito a inscrição através do email: carla.pinho@cm-obidos.pt

Viajar absorve-nos em todos os sentidos com todos os sentidos, nem sempre é fácil manter a disciplina de escrever um diário e registar todas as memórias. No entanto, há técnicas simples.
– o observador é tão importante como o observado;
– saber colocar o tom,
– dominar a função de narrador;
– investir na investigação antes e pós-viagem.
– criar uma estrutura para a narrativa que melhor sirva a progressão da história.

Em três horas de atelier abordamos resumidamente estes temas e fazemos um exercício para a melhor aplicação dos conhecimentos.

Perfil
Raquel Ochoa
Vencedora do prémio literário revelação Agustina Bessa-Luís em 2009, tem encontrado nas viagens e na História o esteio para os diversos géneros literários que cumpre: romance, crónica de viagem e biografia. Nasceu em Lisboa. Licenciou-se em Direito.
Com o premiado romance-histórico “A Casa-Comboio” (2010),  trouxe ao grande público a saga de uma família indo-portuguesa originária de Damão e a epopeia da desconhecida ou ignorada Índia Portuguesa. Está traduzido e publicado em Itália.
“Mar Humano” (2014) romance histórico publicado em 2014, decorre nos bastidores da Imprensa portuguesa ao longo do séc. XX, reflectindo sobre os desafios que os jornalistas atravessaram até aos dias de hoje e de como comunicaram o impacto da ciência na transformação das mentalidades.
“As Noivas do Sultão”, publicado em 2015, romance histórico, baseia-se em factos verídicos decorridos  em 1793, aquando da chegada da família real e do harém do rei de Marrocos a Lisboa, após serem surpreendidos por uma  tempestade no Atlântico.
Em 2011 lançou “A Infanta Rebelde”, biografia da Infanta D. Maria Adelaide de Bragança, condecorada Grande Oficial da Ordem de Mérito pelo Presidente da República de Portugal em Janeiro de 2012. Lançou também “Sem Fim à Vista – a Viagem”, um romance que retrata a luta de um doente cardíaco contra a morte enquanto viaja pelo Oriente e Oceânia.
Em 2008 publicou as suas duas primeiras obras, “O Vento dos Outros” – uma crónica de viagens à América do Sul e “Bana – Uma vida a cantar Cabo Verde” , a biografia do cantor.
Repórter de viagens, publica impressões sobre os vários cantos do mundo no seu blog www.omundoleseaviajar.blogspot.com. Anfitriã do podcast “Cabeça no Ar”: https://soundcloud.com/cabecanoar
Tem leccionado cursos de Escrita Criativa, Biografia e Escrita de um Romance em várias instituições em Lisboa e a convite do Instituto Camões, pelo mundo.
Em parceria com a agência de viagens Pinto Lopes, é uma das autoras convidadas das “Viagens de Autor”, preparando e acompanhando périplos  à Índia Portuguesa , a Cabo Verde e Filipinas no rasto das obras que escreveu.
Em 2017, lançou em Macau um ensaio biográfico sobre Manuel Vicente, “O arquitec to de Macau”, cujo desenho e obra marcou para sempre aquela cidade. Chama-se “Manuel Vicente – A Desmontagem do Desconhecido”.


Oficina Autopublique-se! Lívia Aguiar

Espaço Ó
Gratuito – Sujeito a inscrição através do e-mail: carla.pinho@cm-obidos.pt

Nome da oficina: Autopublique-se!

Duração: 6h
Sábado 28 de abril das 10:00 às 13:00 ( Parte I)
Domingo 29 de abril das 10:00 às 13:00 (Parte II)

Descrição da oficina:
Para quem deseje produzir textos e imagens a partir da errância pelas ruas de Óbidos e autopublicar-se num formato simples e de fácil reprodução.
No primeiro dia da oficina, sairemos caminhando sem destino certo e com os sentidos atentos para produzir textos e imagens a partir das esquinas, cenas e conversas percebidas em Óbidos.
No segundo dia, os textos, desenhos e fotografias produzidos no primeiro dia (e outros que os participantes desejarem trazer para a oficina) serão formatados numa pequena publicação feita com a dobra tradicional de zine, na qual uma folha A4 se transforma em um livro de pequeno formato (com 16 páginas frente e verso ou 8 páginas e um pôster).
Cada participante sairá com seu zine com tiragem de 20 exemplares, reproduzidos em xerox preto e branco (intervenções a cores poderão ser adicionadas manualmente a cada exemplar).

Máximo de participantes: 15

Nota biográfica:
Brasileira nascida entre as serras arredondadas de Minas Gerais, Lívia Aguiar é jornalista e escritora, graduada em Jornalismo com formação complementar em Artes Gráficas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É mais feliz quando está na estrada. Morou em Belo Horizonte, São Paulo, Asunción e Cidade do México, é apaixonada pelo Laos e pela Índia. Escreve para revistas e sites brasileiros como repórter freelancer e mantém o blog de viagens Eu sou à toa – dicas para viajantes independentes www.eusouatoa.com
Possui uma série de autopublicações poéticas sobre suas viagens, que combinam texto e colagem de elementos que encontra por aí e está a trabalhar em um livro de crônicas e poemas sobre a viagem de volta ao mundo que realizou durante 9 meses de 2012.

Partilhar