Óbidos apresenta estratégia cultural às Cidades Criativas da Literatura da UNESCO

0

A vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Óbidos, Celeste Afonso, esteve em Dublin, capital da Irlanda, para apresentar Óbidos – Vila Literária. O encontro de três dias serviu também para partilhar projetos e ideias para dinamizar a programação cultural da rede literária mundial.

Óbidos-Vila Literária marcou presença no maior encontro mundial da rede de Cidades Criativas da Literatura da UNESCO. Durante três dias, 17 representantes da rede de Cidades Criativas encontraram-se em Dublin, capital da Irlanda, para troca de experiências e antecipar a programação cultural dos vários projetos. Da agenda de trabalhos fez parte uma extensa ronda de reuniões onde se debateram os principais projetos culturais em curso nas várias cidades da rede bem como novas propostas para dinamização da programação, não só a nível nacional mas também à escala global.

“Esta foi uma estreia muito auspiciosa de Óbidos nestes encontros e o projeto do FOLIO, um dos grandes capítulos do projeto Óbidos-Vila Literária, foi reconhecido como um bom exemplo do grande impacto e relevância que estes eventos têm para a promoção da Cultura a nível mundial”, conta Celeste Afonso, vereadora da cultura da Câmara Municipal de Óbidos. A vereadora partilhou com os restantes participantes detalhes da organização do FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos, que vai decorrer de 22 de setembro a 2 de outubro, e percebeu como o Festival é encarado pela rede como um modelo de boas práticas de divulgação cultural. “O FOLIO é considerado um bom exemplo de intercâmbio de autores e parcerias entre livreiros que deve ser potenciado de forma a levar a Cultura e o cruzamento das artes a mais pessoas”, afirma a vereadora.

Estiveram presentes 17 representantes das 20 cidades que integram a rede de Cidades Criativas da Literatura da UNESCO: além de Óbidos, em representação de Portugal, Edimburgo (Escócia), Barcelona, Granada (Espanha), Heidelberg, Alemanha, Cracóvia (Polónia), Iowa, EUA), Ljubljana (Eslóvenia), Lviv (Ucrânia), Melbourne (Austrália), Norwich e Nottingham (Reino Unido), Praga, (República Checa), Reiquiavique (Islândia), Tartu (Estónia), Ulyanovsk (Rússia) e, naturalmente, Dublin.

Partilhar