Manuel Coelho

0

Estreou-se em 1970, aos 16 anos, no Grupo de Teatro de Campolide, hoje Companhia de Teatro de Almada, com direção de Joaquim Benite.
Licenciado em Direito, frequentou o Conservatório Nacional, Escola Superior de Teatro. Foi cofundador do Grupo de Teatro Proposta, com direção de Fernando Gusmão, e do Teatro Popular de Almada com José Viana e Rogério Paulo.
Desde 1978 que faz parte do elenco do Teatro Nacional D. Maria II, onde durante várias temporadas exerceu o cargo de Diretor de Cena
Foi Assessor de Direção e Consultor Técnico na fase de recuperação do Teatro Nacional São João.
No Teatro Nacional D. Maria II encenou e fez a dramaturgia de “Reis Coxos” de Prista Monteiro, “Asfalto dos Infernos” de A. Dacosta, “Hiroshima, meu Amor” de Margeritte Duras, “O Poder de Górgone” de Peter Shaffer, “Conversas Secretas” de Donald Margulies, e “Três Mulheres Altas” de Edward Albee.
Foi professor de Interpretação e Produção na Universidade Moderna e no Instituto de Artes do Espetáculos.
Foi Diretor Artístico do Centro Dramático de Viana- Teatro Noroeste
Foi Diretor Artístico do Centro Cultural Malaposta de Dezembro de 2005 a Dezembro de 2015.
É Diretor do Teatro Comunitário “O Baile”.

Partilhar