José Maria Brito

0

José Maria Brito nasceu no Porto em 1976. Nasceu no seio de uma família católica e estudou no Colégio Nossa Senhora do Rosário e no Liceu Clara de Resende. Foi voluntário do Banco Alimentar Contra a Fome, membro fundador da associação de estudantes do Colégio do Rosário, animador do Centro de Reflexão e Encontro Universitário do Porto, Militante do Movimento Católico de Estudantes, Militante e Dirigente da Juventude Popular e do CDS. Em todas estas atividades, sempre procurou viver a fé e a vida como realidades inseparáveis sentido que sua fé o chamava a um compromisso com a realidade e o bem comum.
Em 1998 concluiu o Bacharelato em Comunicação Social na Escola Superior de Jornalismo do Porto. A 27 setembro desse mesmo ano, entrou na Companhia de Jesus, abandonando todos os movimentos e organizações sociais e políticas a que tinha estado ligado.
Como Jesuíta licenciou-se em Filosofia e Humanidades na Universidade Católica de Braga. Estudo. Fez dois ciclos de estudos em Teologia um primeiro em Madrid na Universidade Pontificia de Comillas e um segundo em Boston, no Boston College. A sua tese final dedicou-a ao tema da influência das novas tecnologias na vida interior dos adolescentes.
Dedicou-se durante vários anos ao trabalho nos Colégios dos Jesuítas em Portugal. Foi ordenado sacerdote em 2010. Em 2016 esteve seis meses no Quénia para fazer a terceira Provação, etapa conclusiva da sua formação como Jesuíta. Estando no Quénia, foi durante 6 semanas voluntário numa clinica situada num bairro de lata de apoio a famílias e crianças com Sida.
Desde setembro 2016 assumiu a missão de dirigir o Gabinete de Comunicação dos jesuítas em Portugal. Já nessas funções esteve ligado ao lançamento do filme Silêncio de Martin Scorsese em Portugal. Foi comentador da SIC durante a visita do Papa Francisco a Portugal em maio de 2017.
Preparou, juntamente com uma equipa, o lançamento do Portal PONTO SJ (www.pontosj.pt) – Portal dos Jesuítas em Portugal. É diretor deste portal desde o seu lançamento a 23 de fevereiro de 2018.
A 3 de setembro de 2017, fez os seus últimos votos como jesuíta integrando-se de um modo definitivo nesta ordem religiosa.

Voltar às Biografias
Partilhar