FOLIO traz o escritor Salman Rushdie a Portugal

0

O escritor britânico Salman Rushdie, um dos autores mais premiados da Literatura contemporânea, confirma a sua presença no Festival Literário Internacional de Óbidos onde vai apresentar a sua mais recente obra “Dois anos, oito meses e vinte e oito noites”.

Mais de 25 anos depois da publicação de “Versículos Satânicos”, a obra polémica que lhe valeu o Whitbread Prize, o britânico de 68 anos, faz parte do leque de escritores que este ano está presente em Óbidos no Folio.

Para Humberto Marques, presidente da Câmara Municipal de Óbidos e organizador do megaevento literário, “o FOLIO é um evento de grande dimensão internacional e a vinda de escritores como V.S. Naipaul e Salman Rushdie a Óbidos confirma-o. Rushdie é mais um nome na nossa programação com que os leitores poderão privar de perto, num ambiente mágico”.

Rushdie estará presente no FOLIO para apresentar em Portugal a sua mais recente obra “Dois anos, oito meses e vinte e oito noites”, com a chancela da Leya.

Sobre o escritor

Salman Rushdie é autor de 12 romances, incluindo Filhos da Meia Noite – vencedor do “Booker Prize” em 1981 e “Best of the Booker” em 2008; Versículos Satânicos, Dois anos de oito meses e vinte e oito noites, bem como da coleção de novelas Leste, Oeste.

Publicou quatro livros de não-ficção e coeditou as antologias Mirrorwork e “Best American Short Stories em 2008.

É membro da British Royal Society of Literature,

Rushdie foi galardoado com, entre outros, o Whitbread Prize para melhor romance (em duas ocasiões), o Writers’ Guild Award, o James Tait Black Prize, O Aristeion Prize da União Europeia para Literatura, o prémio “Autor do ano” no Reino Unido e na Alemanha, o Prémio do Melhor Livro Estrangeiro em França, o Grande Prémio de Literatura de Budapeste, o “London International Writers’ Award”, o “James Joyce Award” da Universidade College Dublin, o prémio  “Carl Sandburg” atribuído pela Chicago Public Library,  e o  “National Arts Award” nos Estados Unidos da América.

É ainda membro da Academia Americana de Artes e Letras e foi “Distinguished Writer in Residence” na universidade de New York.

Rushdie é um antigo presidente do “American PEN” e foi armado cavaleiro em 2007 por serviços prestados à literatura.

Partilhar